Projeto Ubiwhere finalista em prémio inovação

Projeto Ubiwhere finalista em prémio inovação



O projeto Block Car Pollution, que potencia o uso de transportes coletivos e partilhados com recurso a blockchain, é finalista no Prémio Inovação da Imprensa Nacional Casa da Moeda (INCM). A ideia apresentada a concurso foi desenvolvida Ubiwhere (Rui A. Costa, Ricardo Vitorino e André Duarte), em colaboração com dois investigadores da Universidade de Aveiro - João Paulo Barraca e André Zúquete do Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática. 

O principal objetivo é disponibilizar, aos utentes de transportes coletivos e partilhados, um sistema inteligente de recompensa, capaz de criar uma carteira virtual (digital wallet) e gerar moedas virtuais aquando da aquisição de bilhetes às entidades de transportes associadas ao projeto. Além disso, a plataforma tecnológica resultante desta ideia, irá integrar os módulos de bilhética das operadoras de transportes (com um conceito de transações seguras e descentralizadas, denominado, "blockchain"), fornecendo um mercado digital (online marketplace), onde as moedas virtuais geradas poderão ser utilizadas para a aquisição de produtos e serviços das entidades parceiras do projeto. 

Esta nomeação vem reforçar o posicionamento da Ubiwhere como empresa líder na investigação e desenvolvimento tecnológico no setor das Smart Cities, Telecomunicações e Internet do Futuro. Com diversos projetos de referência já implementados, a empresa tem vindo a apostar continuamente na diferenciação, inovação, qualidade e rigor dos seus produtos e serviços.

O Block Car Pollution é um dos 3 finalistas do concurso da Imprensa Nacional da Casa da Moeda, que visa selecionar e recompensar ideias que possibilitem a criação de soluções inovadoras, e que possam integrar o objeto social da INCM.